Dicas para cumprir as metas de Ano Novo

CEDUF | Centro de Educação Profissional

Dicas para cumprir as metas de Ano Novo

Estabelecer prazos realistas, detalhar seus planos e tornar seus objetivos visíveis são alguns dos passos para ter sucesso nos projetos de ano novo.

2015 

Quando o ano começa, todo mundo tem pelo menos um desejo a realizar: emagrecer, voltar a estudar, comprar um carro, ler um livro por mês, fazer a tão sonhada viagem. Traçar objetivos é mesmo uma ótima maneira de se sentir motivado a conquistar algo novo, segundo o consultor André Menezes, especialista em gestão de pessoas. O fato é que, para não desistir no meio do caminho, é preciso determinar muito bem o que se pretende alcançar. “A maioria das pessoas não atinge o que planejou por não saber estabelecer as próprias metas”, diz.

1. Analise se as metas se enquadram na sua realidade pessoal

Antes de traçar qualquer objetivo, a primeira coisa a pensar é se ele está de acordo com seus ideais e modo de vida. Não dá para estabelecer uma meta só porque a “vizinha fez e conseguiu” ou o “chefe pediu”. É preciso verificar o que combina com cada um, caso contrário, não vai adiantar se matricular pela quinta vez no curso de inglês se você odeia o idioma. “Tem de fazer um trabalho de autopercepção, de refletir o que tem mais a ver consigo, porque depois, se não conseguir atingir aquilo, vem a frustração e a autodepreciação”, explica a psicóloga clínica Elisa Villela, especialista em desenvolvimento humano.

2. Coloque prazos realistas

A busca por resultados rápidos às vezes compromete a conquista das metas. É o que acontece com muita gente que quer perder peso e, para isso, faz uma dieta brusca e se mata na primeira semana de academia. Mas é claro que, depois, o corpo não aguenta e tudo volta ao que era antes. Portanto, na hora de estabelecer prazos, seja realista e pense no objetivo de maneira duradoura. “Hoje, a sociedade está muito pautada na questão do imediatismo. Se não conseguir algo naquela hora, a pessoa já se frustra, desiste”, opina Elisa Villela. Desta maneira, se caminhar lhe proporciona mais prazer e qualidade de vida do que correr, por exemplo, faça isso, mesmo que demore mais tempo para alcançar a finalidade.

3. Detalhe o objetivo o máximo possível

Não adianta somente se propor a fazer uma viagem internacional. É preciso fazer um cronograma e detalhar quais os custos médios para realizar o sonho, quanto você vai precisar guardar por mês e como vai poupar este dinheiro. Isso significa planejar as ações passo a passo. “É preciso estabelecer metas que possam ser medidas, mensuradas, especificadas. A falta de exatidão ofusca nosso foco”, orienta o consultor André Menezes.

4. Torne suas metas visíveis

Para aumentar o nível de comprometimento com os objetivos traçados, uma das dicas é escrevê-los em um papel, como se fosse um documento mesmo. Mas não adianta descrever tudo e esquecer no fundo de uma gaveta. O ideal é colocar o planejamento em local visível. Vale até mesmo fazer um cartaz com as figuras que representem os desejos: o carro a ser comprado ou o profissional que inspira a mudança de carreira, tudo para ajudar a lembrar o compromisso assumido consigo mesmo.

5. Fique atento aos sabotadores

Disciplina é realmente algo imprescindível. Mas quando falta um pouquinho de força de vontade, qualquer motivo é desculpa para desistir ou prorrogar o planejamento. É o caso, por exemplo, daquela pessoa que se propõe a fazer caminhadas todos os dias antes do trabalho, mas nunca consegue acordar mais cedo. “Se todas as vezes a pessoa pensa em realizar algo e não consegue, ela precisa parar e pensar quais são seus sabotadores, o que realmente a impede de fazer aquilo”, diz a consultora Roselake Leiros, especialista em comportamento humano.

Fonte: www.delas.ig.com.br

Voltar


Curso Técnico em Radiologia


NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e receba todas as novidades no seu email.

Desenvolvido por danielfarias.net
Topo