Maioria vê ensino técnico como porta de entrada para o mercado de trabalho

CEDUF | Centro de Educação Profissional

Maioria vê ensino técnico como porta de entrada para o mercado de trabalho

Segundo IBOPE, 90% da sociedade tem a opinião de que ensino profissional facilita o início de carreira.

pesquisa 

Pesquisa do IBOPE, encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), aponta que a sociedade brasileira tem percepção de que a educação profissionalizante é uma excelente escolha para o jovem. De acordo com o estudo, 90% dos entrevistados concordam que quem tem ensino técnico encontra mais oportunidades no mercado de trabalho do que quem não faz nenhum curso.

A percepção também é positiva com relação aos salários: 82% afirmam que os profissionais com certificado de qualificação profissional têm salários maiores do que os que não têm. O levantamento foi feito com 2.002 pessoas acima de 16 anos em 143 municípios.

No entanto, segundo Censo da Educação 2013, apenas 7,8% dos brasileiros optam pela educação profissional contra 76,8% dos australianos, 69,7% entre os finlandeses e 51,5% dos alemães (dados do CEDEFOP - European Centre for the Development of Vocational Training).

De acordo com Felipe Morgado, gerente executivo de Educação Profissional e Tecnológica do SENAI Nacional, a educação profissional facilita o ingresso dos jovens no mercado de trabalho. “O estudante conquista uma profissão e, com isso, a oportunidade de custear mais facilmente o ensino superior”, comenta Morgado.

Fonte: g1.globo.com

Voltar


Curso Técnico em Radiologia


NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e receba todas as novidades no seu email.

Desenvolvido por danielfarias.net
Topo