Sal pode ser substituído por temperos naturais

CEDUF | Centro de Educação Profissional

Sal pode ser substituído por temperos naturais

O sal em excesso faz mal principalmente para quem sofre de pressão alta, porque ele acaba aumentando o volume de sangue dentro das veias e artérias.

temperos

O que acontece é que quando o organismo passa a ser atravessado por muito sangue, os vasos acabam se contraindo para tentar diminuir o fluxo e restabelecer o estado habitual. Essa constrição acarreta o aumento da pressão.

“Baixar o consumo de sódio é uma das melhores medidas em termos de saúde pública, uma vez que repercute no combate a doenças crônicas”, diz Patrícia Jaime, coordenadora-geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde.

Deixar a comida insossa, porém, dificulta muito a mudança de hábito. A solução, então, é trocar o sal por temperos naturais. Segundo a nutricionista Paula Castilho, alecrim, hortelã, salsa e outros temperos ainda são fator de proteção contra algumas enfermidades.

Veja a lista de alimentos que podem substituir o sal:

Alecrim: Ideal para dar sabor a sopas, ovos, peixes, legumes e vegetais em geral, como berinjela, tomate, batata e couve-flor. Pode ser usado também em carne de porco e de ave. Estimula a circulação e a digestão.

Alho e cebola: podem ser usados no preparo de quase todos os pratos. O alho ajuda a controlar a pressão e os níveis de colesterol. A cebola diminui os riscos de trombose e aterosclerose. A dupla também pode prevenir contra alguns tipos de câncer, como o de pulmão, estômago, próstata e fígado.

Hortelã: geralmente, é usada em pratos árabes, como quibe e tabule. Confere sabor também a sucos e chás gelados, vinagrete e saladas verdes. Combate dor de estômago e tem ação diurética e digestiva.

Cebolinha: Vai bem em molhos, patês, massas, omelete, gratinados, carnes e peixes. Contém vitaminas A e C, auxiliando no combate contra gripes e doenças respiratórias em geral. Também facilita a digestão.

Salsa: Pode ser usada em qualquer tipo de prato, especialmente em carnes, legumes, saladas, sopas e molhos. É rica em vitaminas A e C e minerais. Protege o sistema urinário, combate o inchaço e a anemia, além de possuir ação diurética e digestiva.

Tomilho: Pode ser usado para aromatizar carnes, cozidos, molhos e pães. Também acentua o sabor de peixe e frango. Rico em magnésio, vitaminas C e do complexo B, é digestivo, reduz o colesterol e previne o envelhecimento precoce.

Fonte: Coração Alerta

Voltar


Curso Técnico em Radiologia


NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e receba todas as novidades no seu email.

Desenvolvido por danielfarias.net
Topo