Mutirão para pacientes com dor de cabeça será realizado em Fortaleza

CEDUF | Centro de Educação Profissional

Mutirão para pacientes com dor de cabeça será realizado em Fortaleza

Inicialmente, serão disponibilizadas 100 vagas para pacientes com queixa de dores de cabeça.

dor

A Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBCe), com o apoio da Academia Brasileira de Neurologia, realiza o 5º Mutirão Nacional da Dor de Cabeça, no Hospital Geral de Fortaleza (HGF), neste sábado, 31. Pacientes com dor de cabeça, que geralmente aguardam fila por uma consulta neurológica por cefaleia, receberão atendimento gratuito. Inicialmente, serão disponibilizadas 100 vagas.

Segundo o neurologista João José Carvalho, milhares de brasileiros com dores de cabeça já passaram pelo clínico do posto de saúde e aguardam uma consulta com neurologista. Ele informou que o objetivo do mutirão é atender justamente essas pessoas que já estão na fila para para agilizar o processo. “Faremos um primeiro atendimento e, depois, encaminharemos aos serviços especializados para a continuidade do tratamento", completa.

Além das filas, a organização do mutirão afirma que também pretende chamar a atenção das autoridades para a necessidade de melhorias na assistência aos pacientes com dor de cabeça. O doutor Marcelo Ciciarelli, presidente da Sociedade Brasileira de Cefaleia, explica que dentre as ações mais urgentes, é preciso estruturar cursos de qualificação para profissionais da área, a fim de “identificar e tratar corretamente o paciente com dor de cabeça".

Caso o número de pacientes exceda as 100 vagas disponíveis, o restantes dos pacientes deve realizar um cadastro no local e agendar uma nova consulta, ainda neste fim de semana.

Dados

A Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBCe) estima que metade da população usa remédios para tratar a dor de cabeça sem antes passar por atendimento médico, incluindo crianças e adolescentes. As dores de cabeça ou cefaleias (seu nome científico) acometem cerca de 93% da população em algum momento da vida, afirma a sociedade.As cefaleias determinam importante impacto negativo na qualidade de vida pessoal, familiar e social dos pacientes, além da capacidade de trabalho, que fica prejudicada.

No caso da enxaqueca, são 23 milhões de brasileiros acometidos, conforme a SBCe. A Organização Mundial de Saúde classifica a enxaqueca entre as 20 principais causas de perda de anos de vida saudável por ano, a nível mundial. Nos países desenvolvidos estima-se que só a enxaqueca seja a causa de 400.000 dias de trabalho perdidos por ano por cada milhão de habitantes.

Brasil

Além de Fortaleza, o mutirão vai ocorrer nas cidades de Salvador, Campinas, Teresópoles, São Roque e Catanduva.

Serviço

5º Mutirão Nacional da Dor de Cabeça

Hora: 8 horas

Local: Hospital Geral de Fortaleza (HGF), na rua. Ávila Goulart, 900 – Papicu

Fonte: O Povo

Voltar


Curso Técnico em Radiologia


NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e receba todas as novidades no seu email.

Desenvolvido por danielfarias.net
Topo